advogado correspondente brasilia

Deixe o homem trabalhar !

Discussão em 'Arquivos antigos' iniciado por rico, 06 de Novembro de 2006.

  1. rico

    rico Em análise

    Mensagens:
    36
    Sexo:
    Masculino
    Estado:
    Rio de Janeiro
    rico_fil@yahoo.com.brDeixem o homem trabalhar.

    Pr Ricardo Antonio Filgueiras.
    Este foi o es longa que Sr.Presidente Lula lançou para esta campanha presidencial e assim o povo lhe deu mais quatro anos de mandato. Os problemas sociais aumentando a cada ano onde já cansamos de ver que os governantes só geram paliativos onde continuam o crescimento de irmãos passando pelas dificuldades e necessidades sociais que foram impostas pelos governos anteriores onde passam até este momento com a grande falta de geração de empregos em todas as áreas e junto com a falta de um ensino profissionalizante e não havendo uma formação básica no ensino escolar de qualidade a muitas são famílias desamparadas pela falta de política de moradias.

    Desde o governo do.Sr. Presidente Sarney que foi colocado pelos militares para o comando da presidência que logo a frente foi legitimado pelas urnas o seu partido ganhando quase em todo o território nacional e junto com o S.r Ulisses Guimarães na Companhia do então Sr. Antonio Carlos Magalhães no congresso nacional onde estes homens poderiam ter mudado o rumo na harmonia social e intelectual do povo pois eles tiveram o poder nas mãos e não o fizeram e numa política demagógica na época foram contra os aumentos dos preços nos alimentos e nos outros seguimentos produtivos e financeiros no mercado dando assim uma ilusão de estabilidade da economia para derrubar a inflação que vinha através do economista Delfim Neto já no final da ditadura e logo após outros economistas da competência ou a incompetência administrativa é lançado o es longa para a nação o povo deve fiscalizar e não comprar os produtos com os preços altos, então o povo já cansado de tantos aumentos e os salários minguados na sua origem foram contra os comerciantes com as maquinas de remarcar preços e com apoio dos demagógicos políticos onde muitos no povo acreditavam na estabilidade dada na caneta e não na atitude e medidas responsável pelo o desenvolvimento da economia mais mesmo assim com a implosão inflacionaria voltando a nação confiou e depositaram vários anos de mandatos com expresso voto nas eleições para estes homens onde eles e acompanhado de outros políticos com os mesmos perfil deixaram de levar o desenvolvimento sustentado para um caminho da política limpa democrática onde o Brasil necessitava e ainda necessita ate o dia de hoje em toda área social e produtiva onde foram dados somente para a sociedade os paliativos e não a solução definitiva para a vida social e o bem estar do povo brasileiro.

    A chegada do próximo Presidente com es longa cassa aos marajás o Sr. Colo de Melo vindo com a esperança para o povo a cassa dos desonestos que pairavam no governo onde políticos em prol de se si mesmos se completavam das riquezas guandu muitos trabalhadores honestos não chegavam ao fim do mês com os seus salários que eram minguados pela inflação da incompetência governamental então o presidente eleito no seu primeiro ato das medidas foi e bloqueou a poupança interna junto com outras contas e deu abertura no mercado internacional pois se encontrava estacionado na atitude de moralizar e terminar de vez a inflação que destruía os salários e assim se fez e ha maioria da sociedade brasileira se deixou ser levar como o mundo não se viu um povo pacífico e trabalhador com a esperança de viver um Brasil mais digno e social e assim foi e ao longo de alguns meses depois a inflação disparou novamente piorando ainda mais a vida das famílias então o congresso nacional cassou o mandato do presidente com as varias alegações e uma delas foi desonestidade com o dinheiro de campanha caixa dois e outras infrações que pairava no seu governo.

    Logo assume o seu vice o Sr.Itamar Franco com muitos partidos em sua volta alvoroçados pelo poder que logo passou a ser do preside na função legitima e neste decorrer houve várias mudanças na política e uma delas foi um estudo da estabilidade da economia com vários estudos através dos economistas que foram fazer parte do governo assim se fez e dando o primeiro passo para a nova moeda a U.R.V que depois passa definitivamente para o REAL.

    Em seguida ao termino do mandato do Sr.presidente Itamar Franco o senhor Fernando Henrique Cardoso letrado que já fazendo parte do governo Itamar é indicado para a sucessão presidencial e assim é levado ao povo então a estabilidade se começa na economia e ele é eleito pelo voto democrático e se vê uma alegre posição da sociedade com os salários dos trabalhadores começando a ter poder de ganho e assim se fez o seu primeiro mandato presidencial e logo termina e em seguida é reeleito o Sr. Fernando Henrique vai para o segundo mandato ai chega os grandes desafios o es longa é lançado a nação as Estatais dão prejuízo eles dizem, elas são considerável deficiência nacional e são chamadas de cabide de emprego e assim o povo engole o engodo e se ver na ordem de aceitar o que na verdade se vinha se concretizando pelos governos anteriores e também no atual por não haver competência para suas mudanças das necessidades que as estatais necessitavam para o equilíbrio do desenvolvimento nacional o Sr. Presidente Fernando Henrique Cardoso aproveitando o ensejo da nação atormentada pela as inflações anteriores e a estabilidade da moeda que já estava se concretizando em seu governo e apoiados por vários políticos da bancada na época no toma lá da cá no congresso nacional assim é lançado as vendas das principais empresas estatais que foram construído com sacrifícios pelas mãos dos patriotas militares e com sacrifício dado ao povo brasileiros pelos seus impostos e assim se deu e logo veio o inferno da maioria dos trabalhadores que ficaram desempregados e o crescimento da pobrezas que já vinha da incompetência governamental espalhada se triplicou com suas medidas tomada.e com a globalização piorou ainda mais

    As esperanças que o povo ainda tinha era depositada numa nova eleição vindo de um homem que passou a sua vida com sua família conhecendo bem os sacrifícios da sociedade trabalhadora e criando assim um partido para a esperança popular o PT e os trabalhos se concretizam depois de vários e longos anos competindo nas eleições e então a chega ao poder de nossa nação o Sr. Presidente Luis Inácio lula da Silva conhecendo assim algumas áreas na política e na economia recebido pelo ex presidente Sr. Fernando Henrique Cardoso que lhe passa a faixa da presidência e assim se faz dando assim há continuidade na economia começa a ser fortalecer pelas mãos do presidente e sua equipe econômica com medidas para o crescimento em todas as áreas mais estes não chegam o que é de fato e o que era esperado pela sociedade a necessidade social e logo a seguir assistimos o bandidismo estalado não só no congresso como nos palácios governamental do Brasil a vergonha da imoralidade se espalha numa velocidade onde o presidente é ate colocado como suspeito e não podemos negar que as quadrilhas formadas por inescrupulosos políticos já vem há algum tempo se entranhado na política nacional e assim chega o termino do mandato e o desenvolvimento nas áreas sociais só receberam paliativos e só vimos a pobreza crescer mais não podemos negar o crescimento fantástico na área bancaria em seus lucros e a expansão de algumas empresas multinacionais e o consumo tímido pelo povo mais pobre o que era difícil anteriormente.

    Assim assistimos o crescimento das exportações mais o mercado interno de consumo ainda é lento com a população no seu crescimento geográfico na ordem humana com uma gama de desempregados com a anciã para o conhecimento e não tendo as condições dadas para o aprimoramento intelectual que cabe a cada brasileirinho, esperamos que o Presidente atual Sr.Lula da Silva possa neste segundo mandato buscar os meios através da consciência política dos políticos eleitos a fazerem uma grande reforma em vários setores nacionais onde há necessita para que o povo possa viver numa grande fase de consumo com o bem estar e que os traidores e ladrões de colarinhos brancos e os políticos desonestos poção responder a altura da verdade.
  2. gilberto lems

    gilberto lems Membro Pleno

    Mensagens:
    251
    Estado:
    Minas Gerais
    Prezado Colega,

    Sobrou para todos nós, inclusive os que se julgam cidadãos conscientes, "torcer" para que o governo acerte mais em todas os setores da vida pública. Deixando o lado político de lado, todos temos que considerar que o atual estágio da economia, nos seus pontos fortes e fracos, são resultados de fatores internos e externo, do presente, mas essencialmente do passado.
    O Brasil é o que é graças aos seus dons naturais privilegiados. Mas, o é também graças aos governos que se passaram, embora igualmente tenham errado muito também.
    Durante a campanha política me senti indignado com o candidato do governo de quase que se autoproclamar o "mais-mais que passou pelo executivo federaql". Parecia que ele tinha descoberto o petróleo no Brasil e que nosso país saira no seu governo da miséria para o primeiro mundo. Falou mal das privatizações como se isso tivesse sido a pior coisa que tenha acontecido, sem lembrar que os políticos de oposição aos governos anteriores sempres criticaram a natureza de muitas dessas empresas que serviam mais de "cabide de empregos" para os apadrinhados políticos.E, também se esqueceram que essas entidades foram as principais responsáveis pela queda do caixa da previdência, pois foram montadas com recursos que pertencem aos trabalhadores.
    Aliás, o retorno desses investimentos aos cofres do INSS deveria ser exigido. Naquela época, em nome do crescimento, ou em nome da conservação dos militares no poder, o governo parecia um canteiro de obras, muitas das quais que ficaram abandonas até hoje por esse imenso Brasil. Eu mesmo tive um sentimento de revolta quando ví inúmeras pilastras esquecidas e abandonadas na Serra da Mantiqueira por onde passaria a Ferrovia do Aço. Nunca mais passei por lá depois. Nem sei se essa via exite hoje. Noutro dia, vi na internete uma reportagem falando de um viatudo em plena selva amazônica que liga nenhum lugar a lugar nenhum. Construiram-no apenas para gastar dinheiro ou para favorecer alguém numa espécie de mensalão ou outro esquema que nós pobres mortais não conhecemos.
    Depois desses escândalos todos, do passado e do presente, o brasileiro não pode achar que não tem nada com isso. Pois, a sua omissão, tal qual encarada pelo direito positivo, o torna responsável também. Nesse caso, para os políticos a penas conhecidas; para o povo, as penas que todos conhecemos: mau serviço de saúde, má segurança pública, falta de educação de qualidade e consequentemente a destruição dos sonhos de cada um.
    Sendo assim, a Polícia Federal, a Justiça têm que cumprir o seu papel constitucional, para que (usando uma expressão dos candidatos de 2006) não se jogue a sujeira para debaixo do tapete. E, nós os cidadãos conscientes, e as demais vítimas dos mandos e desmandos, possamos realmente acreditar que vivemos num país onde a Lei impera e que ela seja o sustentáculo da Democracia que todos almejamos.
    Saudações,
    Gilberto Lems
  3. debora

    debora Visitante

    B) DEIXEM O HOMEM DESCANSAR
Tópicos Similares: Deixe homem
Forum Título Dia
Notícias e Jurisprudências Juiz determina prisão preventiva de homem acusado de matar enteada 16 de Agosto de 2016
Notícias e Jurisprudências Homem terá de pagar Celg por sete meses atrasados 21 de Julho de 2016
Notícias e Jurisprudências Unimed deverá fornecer tratamento home care a homem com câncer cerebral 20 de Outubro de 2015
Notícias e Jurisprudências Indenizado homem agredido por motorista de ônibus 20 de Outubro de 2015
Notícias e Jurisprudências Indenizado homem que teve conta bloqueada indevidamente 06 de Outubro de 2015

Compartilhe esta Página