Sócio não faz nada no escritório.

Discussão em 'Empreendedorismo na Advocacia' iniciado por Carlos de oliveira, 14 de Março de 2017.

  1. Carlos de oliveira

    Carlos de oliveira Membro Pleno

    Mensagens:
    1
    Sexo:
    Masculino
    Estado:
    Paraná
    Boa noite nobres colegas. Advoguei por um tempo como empregado para ganhar alguma experiência. Guardei um dinheiro para me manter por um ano. Conheci um colega advogado que possui um emprego estável, mas não advoga e não tem experiência nenhuma na área. Resolvemos abrir um escritório juntos, sendo que ele participaria nos horários disponíveis que não atrapalhasse seu emprego. Se mostrou muito interessado em aprender e se dedicar a área. Os gastos e ganhos do escritório seriam divididos em 50% para cada. Porém, acontece que agora faz seis meses que estamos abertos, estou sobrecarregado e levando o escritório sozinho. Por dia ele fica no escritório por duas/três horas e ainda não sabe fazer uma peça de juntada. Tento ensinar, mas ele acaba se alterando e fica irritado, então acabo assumindo sozinho os prazos, até porque depois eu tenho que refazer o que ele fez. Ele vai se aposentar daqui uns 2/3 anos do emprego. Não sei o que fazer, pois já disse que estou precisando de ajuda, mas ele é muito parado e não liga. Ele não quer pagar do bolso dele um estagiário para fazer a parte dele no escritório. Sinto que estou trabalhando sozinho e ele ganhando em cima (apesar que lucro não estamos tendo). O que vcs me sugerem para resolver esse problema?
  2. Historiador Carioca

    Historiador Carioca Membro Pleno

    Mensagens:
    561
    Sexo:
    Masculino
    Estado:
    Rio de Janeiro
    Pois é, pois é !!!

    Sugeriria passar a se trabalhar sozinho visto que já está assim mesmo sozinho praticamente !!! ... E, com isto, se contrata o tal estagiário o pagando e sem precisar estar a se dividir os seus ganhos com o sócio o qual nada faz, ora bolas !!! ... Dos dois estresses, o dos prazos e o da sociedade, restaria apenas o primeiro dos estresses !!!

    Infelizmente, se as ponderações vieram a se esgotar, esta solução a mais extrema é que se resta !!!

    Enfim, é isto !!!
  3. Milton Levy de Souza

    Milton Levy de Souza Membro Pleno

    Mensagens:
    473
    Sexo:
    Masculino
    Estado:
    São Paulo
    Dr. Carlos de oliveira;

    Concordo , PLENAMENTE, com o ponderado pelo eminente Historiador Carioca.

    Apenas destacando que o estagiário deverá ser "garimpado" junto aos 3º (terceiros) anos.
Tópicos Similares: Sócio não
Forum Título Dia
Direito Civil, Empresarial e do Consumidor cobrança judicial de contrato de honorários não pagos, feitos com o sócio de empresa. 22 de Novembro de 2017
Direito de Família Direito sucessório do filho sócio afetivo 05 de Dezembro de 2017
Direito do Trabalho RT Rito Sumarissimo / Sócio Oculto 03 de Outubro de 2017
Direito do Trabalho Empregado que se tornou sócio 07 de Agosto de 2017
Direito Civil, Empresarial e do Consumidor Advogado e Sócio Administrador 24 de Maio de 2017

Compartilhe esta Página